25 abril 2010

Sacrifícios feitos em prol do cinema (1)

Estar numa sala ao mesmo tempo que o meu clube se sagra Campeão Europeu de Futsal.

4 comentários:

Back Room disse...

Isso é que é amor. Eu queria ir ver o Fassbinder ao Campo Alegre e não fui.

Aliás, eu desmarquei uma data de cenas por causa da "bola", a maior e a mais pequena, este fim-de-semana. Até me senti estúpido.

Paulo disse...

Um grande ano para a bola benfiquista, com muita pena minha. No futebol, de mérito indiscutível, no futsal, pelo que me dizem (esse para mim só serve para jogar, não para ver), também.

De resto, estes comentários no Indie deixam uma pessoa de água na boca.

Miguel Domingues disse...

EHHH o que me foste lembrar! As saudades de passar uma horita num ringue ferrugento a mandar uns bojardos!

Já agora, para quando o jogo de futebol da Take? Isso é que era...

Paulo disse...

Era de valor, sim senhor.