30 julho 2007

E ainda dizem que não há insubstituíveis





1 comentário:

jose quintela soares disse...

Não há ninguém insubstituível...há é quem seja dificilmente substituível!